Documentário Entre Rios

Com o intuito de melhorar o meio em que vive e buscar um maior desenvolvimento econômico, a sociedade levou os recursos naturais à um estado de esgotamento e deterioração. As intervenções sobre o ecossistema ocasionaram consequências secundárias que podem ser temporárias ou permanentes.

Dependemos dos ciclos naturais para sobreviver, portanto caberá a nós, seres humanos, resolver as intervenções, o desequilíbrio causado, o efeito estufa originado pelo aumento desordenado da emissão de gás carbônico, a poluição das águas por falta de um planejamento inicial eficiente e assim buscar a qualidade de vida.


A ganância econômica levou a exploração dos recursos sem uma análise das consequências, com isso os impactos ambientais se mostram cada vez mais visíveis na população, como câncer de pele, problemas respiratórios por causa da poluição, extermínio de vegetação importante para aumento da malha rodoviária, alteração dos ciclos de chuvas por causa do excesso de gases gerados e seus efeitos sobre a natureza, alagamentos por terem aterrado e ocupado com habitações as áreas pantanosas que serviam de escape em momentos de chuvas e também  transtornos sanitários, pois nem todo o esgoto é realmente tratado.

O ecossistema dependerá de uma conscientização dos problemas, com o discernimento da educação ambiental, para que haja tempo de lutar pela preservação do resto do bioma existente, e ajudar na recuperação dos ciclos ambientais.

Breve relato do documentário:

Documentário: “ENTRE RIOS - A urbanização de São Paulo.” Produzido pelo coletivo Santa Madeira, disponível no endereço: http://vimeo.com/caiosferraz/videos e também no endereço http://vimeo.com/user2460823. Vale a pena conferir.


Nenhum comentário:

Postar um comentário